Feira de Artes, Ofícios e Sabores – Vimioso
18 de Dezembro de 2013 – 10:52 | Comentários desligados

O certame engloba várias vertentes, do Artesanato aos Produtos Regionais, incluindo o concurso de Doçaria da Castanha, mas também Atuações Musicais, Montaria ao Javali e Raid TT.

Leia o artigo completo »
Roteiros e Destinos

Património natural, património construído, cultura, tradições, gastronomia, muitas são as razões para visitar o nordeste transmontano. Uma região com um enorme potencial turístico que vale a pena explorar.

Gastronomia e Vinhos

A gastronomia nordestina é marcada por pratos fortes, carregados de sabor. As carnes de raças autóctones e certificadas dominam a mesa transmontana, onde não faltam os excelentes vinhos do Douro.

Cultura e Tradições

A região nordestina soube como poucas preservar a sua cultura e tradições: as festas tradicionais comunitárias, as comemorações dos solstícios, os caretos, os pauliteiros, são apenas alguns exemplos

Património Natural

Um verdadeiro santuário natural, com três espaços protegidos: o Parque Natural de Montesinho; o Parque Natural do Douro Internacional; e no coração do nordeste fica o Parque Natureza do Azibo.

Economia e Empresas

Numa zona essencialmente rural a economia assenta na agricultura de subsistência complementada com actividades que começam a ganhar dimensão: a pecuária, a produção de castanha e alguma indústria

Início » Novidades

Curso transfronteiriço aposta na cooperação entre portugueses e espanhóis

Enviado por em 21 de Novembro de 2011 – 16:21Comente

COOPER~1A eurocidade Chaves-Verín promove, em Dezembro, um curso de gestão de projetos de participação juvenil para portugueses e espanhóis, denominado "A Juventude Mexe-se". O objectivo é que os participantes adquiram estratégias práticas para trabalhar com a juventude.
Segundo o gabinete de imprensa da eurocidade, o curso terá lugar nos dias 03, 04, 10 e 11 de Dezembro, em Chaves e em Verín, com o propósito de dotar os participantes de ferramentas que lhes "facilite" o trabalho e contacto com os jovens.
O curso é dirigido a 26 jovens trabalhadores e voluntários de organizações da Galiza e Norte de Portugal que estejam a trabalhar com jovens ou pretendam fazê-lo, através da aprendizagem não formal num contexto de qualidade europeia. O objectivo do curso é fomentar o intercâmbio de experiências entre dinamizadores juvenis da eurocidade Chaves-Verín, favorecer a cooperação e o trabalho em rede entre entidades dos dois lados da fronteira.

 Comentários estão fechados