Feira de Artes, Ofícios e Sabores – Vimioso
18 de Dezembro de 2013 – 10:52 | Comentários desligados

O certame engloba várias vertentes, do Artesanato aos Produtos Regionais, incluindo o concurso de Doçaria da Castanha, mas também Atuações Musicais, Montaria ao Javali e Raid TT.

Leia o artigo completo »
Roteiros e Destinos

Património natural, património construído, cultura, tradições, gastronomia, muitas são as razões para visitar o nordeste transmontano. Uma região com um enorme potencial turístico que vale a pena explorar.

Gastronomia e Vinhos

A gastronomia nordestina é marcada por pratos fortes, carregados de sabor. As carnes de raças autóctones e certificadas dominam a mesa transmontana, onde não faltam os excelentes vinhos do Douro.

Cultura e Tradições

A região nordestina soube como poucas preservar a sua cultura e tradições: as festas tradicionais comunitárias, as comemorações dos solstícios, os caretos, os pauliteiros, são apenas alguns exemplos

Património Natural

Um verdadeiro santuário natural, com três espaços protegidos: o Parque Natural de Montesinho; o Parque Natural do Douro Internacional; e no coração do nordeste fica o Parque Natureza do Azibo.

Economia e Empresas

Numa zona essencialmente rural a economia assenta na agricultura de subsistência complementada com actividades que começam a ganhar dimensão: a pecuária, a produção de castanha e alguma indústria

Início » Novidades

Fumeiro de Vinhais também é gourmet

Enviado por em 2 de Fevereiro de 2012 – 11:48Comente

IMG_9385Com a XXXII Feira do Fumeiro de Vinhais à porta, a organização promoveu o evento no Porto, num almoço realizado no restaurante Foz Velha e confeccionado pelo chefe Marco Gomes.

Os ingredientes obrigatórios foram produtos de Vinhais, com destaque para o fumeiro, onde a única regra imposta era que aromas e sabores fossem preservados. A partir daí, Marco Gomes, que há alguns anos protagoniza a apresentação do certame na invicta, deu largas à sua criatividade e serviu um verdadeiro banquete a todos os presentes.

O grande menu de degustação foi inaugurado com alheira de Vinhais em trouxa crocante e grelos guisados. À mesa os comentários de satisfação sucederam-se, expectantes pelo que se seguia. E o segundo prato estrela teve como protagonista a chouriça de Vinhais, bem acompanhada de cogumelos e ovos rotos.

Também não faltou o peixe, acompanhado de presunto de Vinhais, que envolveu um filete de pregado recheado com pesto e risoto verde.

Em jeito de transição, foi servida uma pequena gema falsa de maracujá com aroma de café, dando o mote para o Butelo de Vinhais com casulas secas, bem ao jeito tradicional.

Abrilhantado de elogios, o menu encerrou com chave de ouro. Marco Gomes confeccionou uma sobremesa sublime: chouriço doce de Vinhais em delícia tépida com maçã e gelado de canela.

Toda a refeição foi brindada com Quinta de Cabriz Branco 2010 e Marco Gomes Grande Reserva Tinto de 2008.

Para além da comunicação social, diversas personalidades quiseram marcar presença no Foz Velha na quarta-feira, como Júlio Meirinhos, vice-presidente da Entidade de Turismo Porto e Norte, Júlio Magalhães, director-geral do Porto Canal, e Antero Henriques, director geral da SAD do Futebol Clube do Porto, e os chefs Luís Américo, Pedro Lemos e Cristina Branco.

A XXXII Feira de Fumeiro de Vinhais acontece já na próxima semana, de 9 a 12 de Fevereiro.

 Comentários estão fechados