Projeto Mais Bragança quer Mais Turismo
29 de Março de 2018 – 14:10 | Comentários desligados

Um grupo de 15 jornalistas especializados em turismo, nacionais e estrangeiros, passaram 3 dias em Bragança a convite da Associação Comercial local
No âmbito do projeto Mais Bragança, que tem como promotor a ACISB – Associação …

Leia o artigo completo »
Roteiros e Destinos

Património natural, património construído, cultura, tradições, gastronomia, muitas são as razões para visitar o nordeste transmontano. Uma região com um enorme potencial turístico que vale a pena explorar.

Gastronomia e Vinhos

A gastronomia nordestina é marcada por pratos fortes, carregados de sabor. As carnes de raças autóctones e certificadas dominam a mesa transmontana, onde não faltam os excelentes vinhos do Douro.

Cultura e Tradições

A região nordestina soube como poucas preservar a sua cultura e tradições: as festas tradicionais comunitárias, as comemorações dos solstícios, os caretos, os pauliteiros, são apenas alguns exemplos

Património Natural

Um verdadeiro santuário natural, com três espaços protegidos: o Parque Natural de Montesinho; o Parque Natural do Douro Internacional; e no coração do nordeste fica o Parque Natureza do Azibo.

Economia e Empresas

Numa zona essencialmente rural a economia assenta na agricultura de subsistência complementada com actividades que começam a ganhar dimensão: a pecuária, a produção de castanha e alguma indústria

Início » Novidades

Fotografia na Aldeia Pedagógica

Enviado por em 21 de Março de 2012 – 10:57Comente

aldeia portelaA Azimute foi seleccionada e premiada pelo Programa Entregerações da Fundação Calouste Gulbenkian, com o Projecto da Aldeia Pedagógica de Portela (www.aldeiapedagogica.net).

Fruto do conhecimento tradicional acumulado pelos habitantes da aldeia, surgiu a ideia de transmitir esse conhecimento às crianças e à sociedade em geral.

Na Aldeia Pedagógica de Portela, distrito de Bragança, as “mestres” ensinam a fazer pão, deliciosas compotas, recolher ervas e chás, conhecer o ciclo do ferro, visitar a horta e a capoeira.

O fotógrafo António Sá (www.antoniosa.com) aceitou o desafio de realizar um workshop de fotografia digital para as “mestres” da Aldeia Pedagógica de Portela. Com idades compreendidas entre os 58 e os 85 anos, sem qualquer contacto anterior com máquinas fotográficas da era digital, o desafio proposto às “mestres” foi extraordinário.

A cada uma foi cedida uma máquina digital e, após o workshop, fotografaram as suas paisagens, memórias e vivências, durante 15 dias.

Um olhar diferente, mais sereno e com anos de experiências, captou as 19 imagens que compõem uma exposição que esteve na Fundação Calouste Gulbenkian e que está patente na Biblioteca Municipal de Bragança até final do mês.

Como recorda o jornal Nordeste, no passado dia 14 de Março, as “mestres” foram, pela primeira vez, ver o resultado das suas fotografias. Acompanhadas pelo fotógrafo António Sá, foi com enorme alegria, emoção e orgulho que viram as suas fotografias expostas na Biblioteca Municipal de Bragança.

"O Nosso Olhar" mostra uma realidade que une gerações, uma realidade sentida e vivida por habitantes que agora, e pela primeira vez, partilham o seu espaço e quotidiano através da fotografia.

 Comentários estão fechados