Feira de Artes, Ofícios e Sabores – Vimioso
18 de Dezembro de 2013 – 10:52 | Comentários desligados

O certame engloba várias vertentes, do Artesanato aos Produtos Regionais, incluindo o concurso de Doçaria da Castanha, mas também Atuações Musicais, Montaria ao Javali e Raid TT.

Leia o artigo completo »
Roteiros e Destinos

Património natural, património construído, cultura, tradições, gastronomia, muitas são as razões para visitar o nordeste transmontano. Uma região com um enorme potencial turístico que vale a pena explorar.

Gastronomia e Vinhos

A gastronomia nordestina é marcada por pratos fortes, carregados de sabor. As carnes de raças autóctones e certificadas dominam a mesa transmontana, onde não faltam os excelentes vinhos do Douro.

Cultura e Tradições

A região nordestina soube como poucas preservar a sua cultura e tradições: as festas tradicionais comunitárias, as comemorações dos solstícios, os caretos, os pauliteiros, são apenas alguns exemplos

Património Natural

Um verdadeiro santuário natural, com três espaços protegidos: o Parque Natural de Montesinho; o Parque Natural do Douro Internacional; e no coração do nordeste fica o Parque Natureza do Azibo.

Economia e Empresas

Numa zona essencialmente rural a economia assenta na agricultura de subsistência complementada com actividades que começam a ganhar dimensão: a pecuária, a produção de castanha e alguma indústria

Início » Novidades

Cineastas Benoît Jacquot e Lisandro Alonso presentes na segunda edição do Cinecôa

Enviado por em 11 de Julho de 2012 – 13:25Comente

CineCoaO Festival de cinema Cinecôa, cuja segunda edição acontece este ano de 27 a 30 de Setembro em Vila Nova de Foz Côa, contará com a presença dos Cineastas Benoît Jacquot e Lisandro Alonso.

"O foco dedicado ao realizador francês Benoît Jacquot e a retrospetiva dedicada ao realizador argentino Lisandro Alonso são os destaques da segunda edição", avançou à RBA o programador do festival, João Trabulo.

"A temática deste ano será o cinema e arquitetura e, para isso, estão programados debates importantes entre figuras nacionais e internacionais de ambos os sectores", acrescentou.

A cerimónia de abertura do Cinecôa 2012 será feita pelo pianista Mário Laginha, entre outros concertos.

A Câmara de Vila Nova de Foz Côa, apesar da crise, vai duplicar o investimento no festival de cinema Cinecôa e tornar o certame numa referência da sétima arte na região do Douro.

O investimento, em 2011, foi de quatro mil euros. Para este ano, a autarquia vai disponibilizar mais de oito mil.

O Auditório Municipal de Foz Côa e o auditório do Museu do Côa (MC) recebem as películas.

No Auditório Municipal, a programação terá mais uma sessão diária que no ano passado, totalizando assim cinco por dia.

O Museu do Côa recebe duas sessões diárias, especialmente dedicadas ao cinema documental e que serviram de "case-studies" para a plataforma COALAB.

Entre as iniciativas, a organização destaca o COALAB, uma plataforma de apresentação de projetos de cinema de ambição internacional e de cariz autoral e que se encontram ainda em fase de desenvolvimento ou produção.

"Um dos objetivos principais do COALAB é ajudar a encontrar mecanismos de financiamento a nível nacional/internacional dos projetos selecionados junto dos organismos públicos e privados e de difusores ou editores de filmes", destacou a organização.

 Comentários estão fechados