Feira de Artes, Ofícios e Sabores – Vimioso
18 de Dezembro de 2013 – 10:52 | Comentários desligados

O certame engloba várias vertentes, do Artesanato aos Produtos Regionais, incluindo o concurso de Doçaria da Castanha, mas também Atuações Musicais, Montaria ao Javali e Raid TT.

Leia o artigo completo »
Roteiros e Destinos

Património natural, património construído, cultura, tradições, gastronomia, muitas são as razões para visitar o nordeste transmontano. Uma região com um enorme potencial turístico que vale a pena explorar.

Gastronomia e Vinhos

A gastronomia nordestina é marcada por pratos fortes, carregados de sabor. As carnes de raças autóctones e certificadas dominam a mesa transmontana, onde não faltam os excelentes vinhos do Douro.

Cultura e Tradições

A região nordestina soube como poucas preservar a sua cultura e tradições: as festas tradicionais comunitárias, as comemorações dos solstícios, os caretos, os pauliteiros, são apenas alguns exemplos

Património Natural

Um verdadeiro santuário natural, com três espaços protegidos: o Parque Natural de Montesinho; o Parque Natural do Douro Internacional; e no coração do nordeste fica o Parque Natureza do Azibo.

Economia e Empresas

Numa zona essencialmente rural a economia assenta na agricultura de subsistência complementada com actividades que começam a ganhar dimensão: a pecuária, a produção de castanha e alguma indústria

Início » Novidades

Socialistas preocupados com atraso nas obras do túnel do Marão e auto estrada Transmontana

Enviado por em 31 de Outubro de 2012 – 10:13Comente

tunel_marao1Os presidentes das federações do Partido Socialista do Norte denunciaram, em Vila Real, “a incompetência” do Governo em lidar com os problemas, considerando que as obras paradas nas auto estradas do Marão e Transmontana como afirma José Luís Carneiro da distrital socialista do Porto “esta é uma obra que mostra a imagem do país”.

A Auto estrada do Marão, que vai ligar Amarante a Vila Real ao longo de 30 quilómetros, está executada a 70 por cento e paga em cerca de metade do seu valor total.

segundo a RBA, as obras pararam alegadamente devido a problemas financeiros invocados pela concessionária responsável pela construção, que resultaram do corte de financiamento por parte do sindicato bancário que financia o projecto.

Já este mês, o PS diz ter sido alertado para o facto de alguns troços da Auto estrada Transmontana estarem alegadamente parados. Esta via vai ligar Vila Real a Bragança. Do lado do distrito de Bragança verifica-se um abrandamento dos trabalhos, e o socialista mostram-se solidários perante estes factos, "viemos aqui em solidariedade com os distritos do Porto, Vila Real e Bragança denunciar esta incompetência política do Governo. Exigimos ao Governo que procure mostrar capacidade para reatar os trabalhos que foram parados e que hoje causam um prejuízo muito grande"

O socialista referiu que praticamente todos os meses os deputados do PS na Assembleia da República questionam o ministério da Economia e o primeiro-ministro relativamente às auto estradas paradas, mas a resposta tem sido o “silêncio”.

O presidente do PS de Bragança, Jorge Gomes, considerou que o Governo deveria ter a dignidade de, pelo menos, dizer porque é que as obras não andam.

As auto estradas do Marão e Transmontana representam um investimento de 850 milhões de euros.

 Comentários estão fechados