Feira de Artes, Ofícios e Sabores – Vimioso
18 de Dezembro de 2013 – 10:52 | Comentários desligados

O certame engloba várias vertentes, do Artesanato aos Produtos Regionais, incluindo o concurso de Doçaria da Castanha, mas também Atuações Musicais, Montaria ao Javali e Raid TT.

Leia o artigo completo »
Roteiros e Destinos

Património natural, património construído, cultura, tradições, gastronomia, muitas são as razões para visitar o nordeste transmontano. Uma região com um enorme potencial turístico que vale a pena explorar.

Gastronomia e Vinhos

A gastronomia nordestina é marcada por pratos fortes, carregados de sabor. As carnes de raças autóctones e certificadas dominam a mesa transmontana, onde não faltam os excelentes vinhos do Douro.

Cultura e Tradições

A região nordestina soube como poucas preservar a sua cultura e tradições: as festas tradicionais comunitárias, as comemorações dos solstícios, os caretos, os pauliteiros, são apenas alguns exemplos

Património Natural

Um verdadeiro santuário natural, com três espaços protegidos: o Parque Natural de Montesinho; o Parque Natural do Douro Internacional; e no coração do nordeste fica o Parque Natureza do Azibo.

Economia e Empresas

Numa zona essencialmente rural a economia assenta na agricultura de subsistência complementada com actividades que começam a ganhar dimensão: a pecuária, a produção de castanha e alguma indústria

Início » Arquivo por etiquetas

Artigo etiquetado com: portugal

Norte de Portugal e Espanha criam rede de empreendedorismo
21 de Setembro de 2012 – 9:21 | Comentários desligados
Norte de Portugal e Espanha criam rede de empreendedorismo

Um projecto de macro-região está em marcha e vai envolver várias instituições. A região de Bragança mostra-se optimista, considerando que esta pode ser a chave para o desenvolvimento do interior Norte do país: a criação de uma macro-região ibérica. Portugal e Espanha estão a avançar com uma rede de empreendedorismo.

Guias interactivos em Realidade Aumentada modernizam turismo em Portugal
8 de Maio de 2012 – 9:23 | Comentários desligados
Guias interactivos em Realidade Aumentada modernizam turismo em Portugal

Um inovador serviço de guias interactivos em Realidade Aumentada, uma nova ferramenta, marca de inovação na divulgação turística.
A plataforma chama-se WELCOMEGUIDES e já está implementada em cinco municípios transmontanos, pioneiros na disponibilização aos visitantes de um moderno serviço de informação turística que fornece ao utilizador todo o esclarecimento sobre a região de forma imediata, dinâmica, moderna e muito atractiva, através de um pequeno clique no telemóvel.

Douro Internacional: Portugueses e espanhóis criam primeira cooperativa de artesãos em território transfronteiriço
23 de Abril de 2012 – 10:02 | Comentários desligados
Douro Internacional: Portugueses e espanhóis criam primeira cooperativa de artesãos em território transfronteiriço

A Câmara de Miranda do Douro e o Ajuntamento de Torregamones (Espanha) constituíram a primeira cooperativa transfronteiriça destinada à comercialização de artesanato e produtos da terra.

Caminhada Internacional junta três centenas de portugueses e espanhóis
27 de Março de 2011 – 16:41 | Comentários desligados
Caminhada Internacional junta três centenas de portugueses e espanhóis

Três centenas cidadãos liderados pelos autarcas de Bragança e Zamora uniram-se hoje, dia 27, ao final da manha, numa marcha solidária depois de uma caminhada de 20 quilómetros de cada lado da raia para subscreverem um manifesto a reivindicar a construção da autoestrada A-11, entre a cidade espanhola Zamora, a 80 quilómetros de Bragança e a fronteira portuguesa, Quintanilha.

Máscara Ibérica a Património Imaterial da Humanidade
23 de Março de 2011 – 10:58 | Comentários desligados
Máscara Ibérica a Património Imaterial da Humanidade

Uma equipa de 14 pessoas está a trabalhar para elevar a Máscara Ibérica a Património da Humanidade. Os 14 membros, que representam algumas das festas tradicionais com máscara que se realizam em Portugal e Espanha, decidiram, de forma voluntária, envolver-se com um trabalho que poderá ter uma duração de dois ou três anos e inclui a recolha de documentação histórica de pessoas que viveram e contribuíram para a tradição da máscara.